• Categoria do post:Turismo

A Flight Network pediu a mais de 1.000 especialistas para ajudar a listar as 50 cidades mais bonitas do mundo. Paris, na França, liderou o ranking.

Não será uma surpresa para quem já visitou Paris, mas a capital da França ficou em primeiro lugar na lista da Flight Network das 50 cidades mais bonitas do mundo.

Para chegar a suas classificações, a Flight Network perguntou a mais de 1.000 “especialistas”, variando de agências de viagens e blogueiros a escritores de viagens. Com certeza, Paris ficou em primeiro lugar na lista – e por um bom motivo.

Paris foi a oitava cidade mais visitada em 2018, segundo a GlobalData, com 13,22 milhões de visitantes internacionais chegando. Dada a sua história, cultura e longa lista de atrações turísticas, Paris realmente merece o primeiro lugar aqui.

Há tantas atrações imperdíveis nesta cidade histórica. Inclui a Torre Eiffel e o Musée du Louvre – lar da lendária pintura de Mona Lisa. A Catedral de Notre Dame e o Arco do Triunfo são outros locais imperdíveis para visitar em Paris.

A cidade, é claro, também é conhecida por suas deliciosas refeições e bebidas. Paris é o lar de alguns dos vinhos, queijos e baguetes mais ricos do mundo, entre muitos outros alimentos e bebidas.

O segundo lugar na lista da Flight Network foi Nova York, que também abriga alguns dos marcos e atrações turísticas mais famosos do mundo. Isso inclui o Empire State Building, a Estátua da Liberdade e a Times Square – bem como algumas das maiores peças do mundo na Broadway.

Londres, Inglaterra. terminou em terceiro na lista; foi a segunda cidade mais visitada em 2018, com 19,09 milhões de visitantes internacionais, de acordo com o referido relatório GlobalData. Veneza, na Itália, e Vancouver, na Colúmbia Britânica, terminaram em quarto e quinto lugar na lista da Flight Network, respectivamente.

E, finalmente, o restante do top 10 consistiu em Barcelona, ​​Espanha, Cidade do Cabo, África do Sul, São Francisco, Califórnia, Sydney, Austrália e Roma, Itália. Ao todo, quatro cidades americanas apareceram na lista (San Diego e Chicago também). Quanto às cidades canadenses, Toronto, Ontario e Quebec City, juntaram-se a Vancouver.